Reprodução/FN

O velório de Alfredo Ernani Haas, de 57 anos, acontece na localidade de Vapor Velho. Conforme a Funerária Vargas, o sepultamento está previsto para a tarde deste sábado, dia 3, às 15h30, no cemitério de Vapor Velho. A morte trágica de Ernani, que era bastante conhecido e estimado, está causando grande revolta e comoção na comunidade.

O empresário foi morto por volta do meio-dia de ontem, sexta-feira, dia 3, em sua propriedade, na localidade de Linha Catarina. Conforme apurou a Polícia Civil, ele surpreendeu um indivíduo carregando carvão em sua empresa. Como o indivíduo estaria devendo mais de R$ 50 mil para ele, teria solicitado que parasse de carregar carvão no caminhão. Mas o acusado continuou o carregamento e então a vítima teria ido buscar uma espingarda em sua residência, que fica próxima. No retorno teria sido atingido com três disparos de pistola pelo acusado. Funcionários da empresa foram ao seu socorro, mas ele já se encontrava sem vida. A espingarda da vítima foi encontrada no chão do galpão, descarregada.

Polícia prendeu acusado e apreendeu pistola utilizada no crime
– Crédito: Polícia Civil

O acusado e mais dois ajudantes fugiram num caminhão carregado de carvão. A Brigada Militar realizou buscas. Já uma equipe da Polícia Civil se deslocou para Gravataí, onde o acusado reside. Durante as diligências, ele acabou se apresentando no quartel da Brigada Militar de Gravataí. De acordo com o delegado Andre Roese, ao ser questionado sobre o fato, o acusado, de 32 anos, alegou legítima defesa e mentiu que teria jogado a arma em um rio. Posteriormente, em conversa, o delegado diz que ele informou o paradeiro da arma na mesma cidade, onde a pistola acabou sendo apreendida. Ele foi então conduzido para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde foi lavrada a prisão em flagrante por latrocínio (matar para roubar) e recolhido ao sistema prisional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here