Pedras e uma camada de asfalto foram colocados próximo ao viaduto ACOM/Prefeitura

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) concluiu a recomposição do barranco que desabou na noite do último sábado na altura do quilômetro 1, na via lateral da estrada Maurício Cardoso (RSC 287), junto ao viaduto da “ponte seca”, entre os bairros Centenário e Faxinal.

Com o desmoronamento, a rua lateral da rodovia chegou a ficar bloqueada no acesso ao bairro Centenário. E também foi isolado, com sinalização da Prefeitura, parte do acostamento da RSC 287 na cabeceira do viaduto no sentido rodoviária/Parque Centenário.  A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), responsável pelo trecho, iniciou os trabalhos na segunda-feira, com a utilização de uma escavadeira hidráulica, recomposição com a colocação de rochas e cobertura de asfalto. Não chegou a ser interrompido o trânsito da rodovia.

Segundo o engenheiro da EGR, Luís Dutra, que coordenou os trabalhos, as atividades foram concluídas ontem, terça-feira, dia 4, como havia sido estimado. Ele informou que a intervenção permite que a água do trecho escoe sobre o asfalto até a camada mais alta de pedra.

Deixe seu comentário