Diretor do HM garantiu atendimento de casos sem gravidade até março - Crédito: ACOM/Prefeitura de Montenegro

Prefeitos e secretários municipais de saúde da região participaram de um encontro sobre a possibilidade de implantação de Pronto Atendimento (PA) nas cidades do Vale do Caí. A reunião foi realizada no Hospital Montenegro (HM) ontem, terça-feira, dia 4.

Sob a coordenação da direção do hospital, o encontro abordou questões relativas ao reflexo da crise na saúde pública estadual que atinge todo o Rio Grande do Sul. Também, foram apresentados números e dados relevantes do dia a dia do HM em relação ao atendimento de pacientes de Montenegro e região.

Segundo o Diretor do HM, Carlos Batista da Silveira, até março de 2019 os atendimentos de classificação azul e verde, referentes a pouca urgência, estão mantidos, contudo para continuidade dos serviços o administrador sugeriu a implantação do PA nos municípios. O reajuste de repasses municipais também foi debatido.

“Montenegro, através da Secretaria Municipal de Saúde, já estuda a possibilidade de implantação do Pronto Atendimento para o próximo ano. Há um planejamento a ser desenvolvido para efetiva transição”, disse o prefeito Kadu Müller. A intenção é implantar um pronto atendimento municipal junto a Secretaria da Saúde (Assistência), no bairro Timbaúva, onde já tem atendimento médico estendido até 22h. Um PA na Timbaúva teria plantão 24h, inclusive em finais de semana e feriados. Enquanto isso, Kadu destaca que a Prefeitura segue com seus repasses junto ao HM, assim como ao serviço SAMU, rigorosamente em dia, mesmo tendo cerca de R$ 4,7 milhões a receber do Estado.

Durante o encontro, ainda, o HM apresentou o consultor do Hospital Sírio Libanês, Luís Paulo Martin, que atua na instituição para levantamento de diagnóstico composto por dados técnicos, financeiros e estruturais da casa de saúde.

Do encontro participaram representantes de São Pedro da Serra, Pareci Novo, Brochier, Maratá, Salvador do Sul, Montenegro, Harmonia, Tupandi e Tabaí, Uma nova reunião deverá ser marcada para tratar do assunto.

Deixe seu comentário