Prédio da EMEI era para ter sido concluído em março de 2017, mas obra foi abandonada - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Deve ser retomado nos próximos dias, já no novo governo, comandado pelo prefeito eleito Gustavo Zanatta, a construção da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Centenário.

Após aprovação de recursos pela Câmara de Vereadores, foi feita uma nova licitação, pois conforme a atual administração municipal a empreiteira anterior tinha deixado a obra. A empresa GB & GB Construções venceu a concorrência pública. O investimento será de R$ 1.273.024,62, com prazo de 8 meses para a conclusão dos trabalhos. Segundo informações do atual prefeito Kadu Müller, a empresa está em férias coletivas até a próxima segunda-feira, dia 4, quando os trabalhos devem ser retomados.

Na última semana a Prefeitura fez uma limpeza no local, situado na margem da Rua Vereador João Vicente, esquina com a Rua Simões Lopes Neto, ao lado do assentamento indígena. O local estava abandonado, em ruínas, com tapumes derrubados e muito mato. A obra da creche iniciou em 2016 e deveria ter sido concluída até março de 2017, mas está com a construção parada faz mais de um ano e meio, causando revolta nos moradores do bairro, que tem que levar suas crianças para outros bairros mais distantes. O galpão que os operários usavam chegou a virar banheiro para os índios da aldeia. Apenas 28% da obra foi feita, com as paredes sendo levantadas. O investimento previsto na obra, conforme placa no local, era de 1 milhão e 400 mil reais. Segundo a Prefeitura de Montenegro, ocorreu atraso nos repasses do Governo Federal e a empreiteira que venceu a licitação deixou a obra. Por isso foi feita uma nova licitação.

A nova creche terá capacidade de atendimento de até 94 crianças, em período integral. O atendimento é destinado para crianças de 0 a 5 anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here