Retomada estava prevista para a próxima segunda-feira, mas foi adiada -Crédito: Daniel Fuchs Klein/FN

O início da cobrança no estacionamento rotativo pago do centro de Montenegro foi adiado. Inicialmente previsto para iniciar em 8 de junho, a implantação foi adiada em uma semana, devendo começar no dia 15. Conforme o engenheiro Fábio Smanhotto, da empresa Serbet Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil, vencedora da licitação para a exploração do estacionamento pago, a definição ocorreu após acerto com a Prefeitura, quando foi anunciado o cronograma. Com isso terão duas semanas para orientações e divulgação .

O processo de implantação do estacionamento rotativo pago, no centro de Montenegro, está sendo retomado. Foi proferida sentença, pela Justiça de Montenegro, em favor da Prefeitura. Com isso poderá ser retomado o cronograma que foi interrompido em fevereiro, quando estava previsto o início da cobrança. O cronograma tinha sido interrompido quando o Tribunal de Justiça do Estado concedeu liminar para a empresa BR Parking Estacionamentos, a qual questionou a legalidade do processo de licitação. Após a liberação da Justiça, desde a última semana um novo cronograma de implantação da cobrança está sendo definido pela empresa Serbert. As 1.160 vagas de estacionamento já foram demarcadas e os 17 parquímetros para cobrança instalados.

Ruas de cobrança

– Ramiro Barcelos: trecho entre Antônio Marques e Fernando Ferrari
– João Pessoa: trecho entre Santos Dumont e Fernando Ferrari;
– Capitão Cruz: trecho entre Santos Dumont e Fernando Ferrari;
– Santos Dumont: trecho entre Capitão Cruz e João Pessoa;
– Osvaldo Aranha: trecho entre Capitão Cruz e João Pessoa;
– Olavo Bilac: trecho entre Capitão Cruz e João Pessoa;
– São João: trecho entre Capitão Cruz e João Pessoa;
– José Luiz: trecho entre Capitão Cruz e Dr. Flores.

Valores
Conforme o contrato, a cobrança ocorrerá de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e, aos sábados, das 8h às 12h. Em dezembro, aos sábados, o horário será o mesmo dos outros dias da semana.

Os primeiros 30 minutos de estacionamento vão custar R$ 1,00 e, a partir daí, sobe para R$ 2,00 até uma hora. Depois, eleva para R$ 4,00 ao fim da segunda hora. Após duas horas, como é rotativo, o veículo tem que ser retirado, podendo estacionar em outra vaga.

Motos estarão isentas, desde que estacionadas em locais delimitados. Também isenções estão previstas para idosos e deficientes físicos, desde que cadastrados.

Os motoristas deverão ter uma tolerância inicial de 10 minutos. Depois já inicia a cobrança. Caso não pague, tem até 24 horas para regularizar, pagando 20 reais de taxa e mais o horário devido. Se não regularizar, leva multa prevista no artigo 181 do Código de Trânsito, de R$ 195,23, mais a perda de 5 pontos na carteira de habilitação e pode ser guinchado. Portanto, o prejuízo acaba sendo alto. Os próprios monitores vão avisar os policiais militares quando veículos estiverem em situação irregular.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here