Reparos foram realizados e o parque de Montenegro voltou a contar com iluminação - Guilherme Baptista/FN

No dia em que se comemoram os 69 anos da Biblioteca Pública Hélio Alves de Oliveira, o Parque Centenário de Montenegro voltou a contar com iluminação. Com isso a própria biblioteca, situada no antigo restaurante do parque e que estava sem energia elétrica para lâmpadas e computadores, voltou também a contar com luz. O mesmo ocorre com as sedes da Guarda Municipal e da Defesa Civil, que chegaram a utilizar um gerador.

A Biblioteca Pública, que funciona no antigo restaurante do parque e comemora 69 anos, também voltou a ter luz
– Guilherme Baptista/FN

Conforme o secretário municipal de Viação e Serviços Urbanos, Jackson Santos de Oliveira, o “Jacó”, já está tudo iluminado. “Em todo o parque voltou à iluminação. Hoje de noite (sexta-feira) já terá luz também na área junto a pista atlética”, garante. “Na próxima semana o chafariz do lago também vai voltar a funcionar e iluminado. Vai valorizar o parque”, completa, mostrando a limpeza que também está sendo feita, com o corte de grama.

A luz do Parque Centenário tinha sido cortada na semana pela RGE Sul alegando falta de segurança e a necessidade de reparos. O prefeito Kadu Müller prometeu que os reparos seriam realizados e que a iluminação retornaria ao Centenário ainda nesta semana, o que de fato aconteceu. Também está em andamento um novo projeto elétrico para o parque, num investimento de R$ 9 mil da Administração Municipal. “A energia está voltando ao parque com total segurança”, garante o prefeito.

69 anos da Biblioteca

Na manhã de hoje, sexta-feira, foram comemorados os 69 anos da Biblioteca Pública com a premiação das 60 poesias vencedoras do Poesia em Movimento, que estarão circulando nos ônibus urbanos da Vimsa (Viação Montenegro). Como foi retomada a obra da reforma e ampliação da biblioteca, no Centro Cultural, junto a Fundarte, a previsão que de que no próximo ano, já dentro das comemorações dos seus 70 anos, ela retorne para sua casa, já repaginada. E o espaço que a biblioteca ocupa hoje, no Centenário, poderá novamente ser utilizado para a instalação de um restaurante, que faz muita falta no parque.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here