Atendimento deve iniciar na próxima semana após uma reforma que demorou 8 anos - Crédito: ACOM/Prefeitura
Oficialmente foi entregue na tarde desta terça-feira, dia 29, a reforma e revitalização do prédio da Biblioteca Pública Hélio Alves de Oliveira.
O prédio, localizado na área central de Montenegro, junto do teatro Roberto Atayde Cardona e da Fundarte, estava fechado desde 2012 quando a Biblioteca foi transferida “provisoriamente” para o antigo restaurante do Parque Centenário. O Prefeito Kadu Müller anunciou o projeto de resgate do local que deve voltar a atender o público na próxima semana, dependendo agora do novo governo, sob comando do prefeito eleito Gustavo Zanatta.
Foi descerrada uma placa marcando a reinauguração do prédio
– Crédito: ACOM/Prefeitura
No ato desta tarde, a emoção foi inevitável por parte da equipe da Biblioteca Pública, bem como do prefeito Kadu Müller que ressaltou o trabalho do grupo, em especial a equipe coordenada pela secretária de educação Rita Carneiro Fleck e a diretora da Biblioteca Ana Valdeti Martins, e destacou que “agora a biblioteca volta a ter vida na sua casa”. Além da reforma da Biblioteca Pública Municipal, também foram promovidas intervenções no Teatro Roberto Atayde Cardona. O contrato, com investimento de R$ 279.225,00 oriundos de recursos próprios, contemplou intervenções como colocação de divisórias, forro de gesso, forro de PVC e de revestimentos, troca de piso, instalação de guarda-corpo, troca e recuperação de esquadrias, pintura, instalação de transporte vertical (plataforma elevatória), instalações elétricas, instalações hidráulicas e pluviais. O prédio, de dois pisos, conta ainda com novo sistema de climatização e acessibilidade através de elevador.
Após oito anos de reforma, biblioteca voltou para o centro
– Crédito: Guilherme Baptista/FN
No primeiro piso, além de quadros de antigas sedes da biblioteca, do homenageado Hélio Alves de Oliveira e da galeria das ex-diretoras, estão a Biblioteca Infantil, sala de reuniões e o museu literário. E no segundo piso toda a Biblioteca adulta, além de computadores e o setor administrativo.
A demora maior para a reabertura se deve à aprovação do Plano de Prevenção contra incêndios (PPCI), que inclui todo o complexo do Centro Cultural. No teatro ainda devem ser feitas algumas melhorias, como troca de poltronas. E o aproveitamento dos dois locais depende das restrições causadas pela pandemia. Na Biblioteca, que deve funcionar no mesmo horário de expediente da Prefeitura, das 8h ao meio-dia e das 13h30 às 16h30, deve ser permitido o uso de 25% da capacidade do local, ou seja, até cerca de 25 pessoas.
Biblioteca Pública 
Em 25 de novembro de 1949, através da Lei Municipal nº 209, foi criada a Biblioteca Pública Municipal de Montenegro, na gestão de José Pedro Steigleder. Em 8 de novembro de 1999, na gestão de Maria Madalena Bühler, através da Lei Municipal nº 3443 a Biblioteca passou a denominar-se Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira. O visionário vereador Hélio Alves de Oliveira se preocupou com o desenvolvimento cultural de Montenegro e foi um incentivador na criação da Biblioteca Pública Municipal.
Atualmente a Biblioteca possui um acervo de mais de 50 mil exemplares e conta com vários setores de atendimento ao público, como o empréstimo, a consulta local, a Hemeroteca, a Biblioteca Infantil e o Museu Literário. Ao longo dos anos muitos projetos de incentivo à leitura foram desenvolvidos, como por exemplo: A Biblioteca Vai Até Você, Bate-papo Literário, Feira do Livro de Montenegro, Hora do Conto, Poesia em Movimento, Troca-troca de livros, entre outros.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here