Várias roupas, incluindo peças íntimas, estão no chão do banheiro que está imundo e sem condições de uso - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Em outubro do ano passado o Fato Novo fez uma reportagem questionando sobre: “De quem é a responsabilidade pelos banheiros da beira do rio?”. Passado mais de meio ano a situação não mudou. Até piorou.

Porta foi arrombada e vários vidros quebrados
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

Os banheiros públicos, situados ao lado do prédio da Câmara de Vereadores (antiga usina), na Rua Álvaro de Moraes, junto ao cais do porto, seguem no mais completo abandono. Vidros e portas quebradas, cadeados e grades arrombadas, sujeira e muito lixo. É uma imundice, com cheiro horrível. De diferente em relação há seis meses é de que agora a reportagem se deparou com várias roupas no local, principalmente peças íntimas, como vários sutiãs e calcinhas, além de garrafas de bebidas. A suspeita é de que o local, que deveria estar à disposição da comunidade, esteja sendo utilizado como ponto de prostituição e consumo de drogas.

A situação só está piorando, já que no último final de semana ocorreram mais atos de vandalismo nos banheiros. Foi arrombado novamente o portão de grade, o qual chegou a ser arrancado e portas danificadas, além de quebrados cerca de seis vidros do prédio onde antes funcionou o Bar do Caí e também uma agência de turismo. Imagens de câmeras deverão ser analisadas para descobrir os autores do vandalismo.

Várias calcinhas e sutiãs estão jogadas no chão imundo
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

Enquanto isso, a comunidade fica sem poder utilizar os banheiros da beira do rio, um local bastante freqüentado por quem caminha, toma chimarrão e até pesca junto ao cais do Porto das Laranjeiras. O local é um dos mais freqüentados pela comunidade. Pena que a beleza da beira do rio, com seu lindo pôr do sol, tendo o morro São João como pano de fundo, contracena com o abandono dos banheiros.

De quem é a responsabilidade?

No ano passado já se discutiu sobre de quem era a responsabilidade pelo prédio ao lado da Câmara. Na ocasião o então presidente do legislativo, vereador Erico Velten (PDT), alegou que a responsabilidade era da Prefeitura, que ainda não tinha repassado o imóvel para a Câmara. O prefeito Kadu Müller (PP) disse, na época, que a Câmara tinha manifestado a intenção de aproveitar o local como sala de reuniões.

Câmara de Vereadores deverá reformar o prédio para reabrir banheiros e aproveitar sala
– Guilherme Baptista/FN

De acordo com o atual presidente da Câmara, vereador Cristiano Von Braatz (MDB), já teria sido feita a cessão de uso do município para a Câmara. “A idéia é fazer a reforma do local. Será aproveitado como sala da presidência e os banheiros ficaram disponíveis para a população. Isso deve ocorrer até o final do ano”, acredita Cristiano.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here