Fabrício Coitinho quer levar a experiências da iniciativa privada para o setor público - Reprodução/FN

Vem da iniciativa privada o futuro secretário municipal de Gestão e Planejamento. O prefeito eleito Gustavo Zanatta e o futuro vice, Cristiano Braatz, convidaram Fabrício Coitinho para o cargo. Bacharel em Química, com especializações em Engenharia de Produção, Finanças, Investimentos e Serviços Bancários, ele é natural Montenegro e tem 37 anos.

Coitinho desenvolveu sua carreira dentro de grandes indústrias, como a Hexion, e há mais de 15 anos atua em posições de liderança, organizando processos, gerindo orçamentos e desenvolvendo e acompanhando projetos nas mais diversas áreas do setor privado. Ele também é empresário, palestrante e ocupa o cargo de vice-presidente de Indústria, Comércio e Serviços da Associação Comercial e Industrial de Montenegro/Pareci Novo. Na área comunitária, destaca-se o trabalho no Lions Clube Montenegro São João, do qual é o presidente, onde está envolvido com diferentes projetos comunitários.

“O Fabrício tem um excelente currículo, é dinâmico e se encaixa perfeitamente no perfil que estávamos buscando para o setor”, ressalta Zanatta. O futuro secretário também é consultor empresarial, com ampla experiência na criação de estratégias de gestão, formação de cultura empresarial, otimização de processos e desenvolvimento de planejamento estratégico.

Fabrício pretende levar para a Prefeitura a experiência de desenvolvimento de projetos e gestão de orçamentos adquirida no setor privado. A grande meta é tornar a administração pública mais eficiente e, ao mesmo tempo, melhorar as condições de trabalho do funcionalismo. “Penso que Montenegro deve ter um plano de desenvolvimento para quatro, oito, 20 anos. Para que a população tenha clareza dos caminhos a serem percorridos e reconheça em nossa cidade o potencial para ser um dos municípios mais desenvolvidos do nosso Estado”, defende.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here