Doações podem beneficiar crianças, adolescentes e idosos - Crédito: Prefeitura/ACOM

Os montenegrinos podem doar parte do Imposto de Renda para projetos sociais de instituições que apóiam crianças e adolescentes ou idosos no município de Montenegro.

Várias entidades e projetos podem ser beneficiados
– ACOM/Prefeitura

A Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo (SMIC) e em parceria com instituições como a Global Communities Brasil, ACI Montenegro/Pareci Novo, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (COMCRAD), Conselho Municipal do Idoso, Sescon/RS e Rotary Club de Montenegro, está promovendo a Campanha “Abrace Montenegro”, justamente para incentivar estas doações.

 

Evento neste sábado na Praça Rui Barbosa divulgou a campannha
– ACOM/Prefeitura

Durante este sábado, dia 30 de março, a Praça Rui Barbosa está recebendo a participação de parceiros e instituições envolvidas na Campanha. A ação vai até o meio-dia, oferecendo diversos atrativos como food e beer trucks; exposição de artesanato; apresentação artística Grupo Guitar Band; e ervateira. Segundo os organizadores, esse movimento busca esclarecer dúvidas e orientar quanto à participação da Campanha “Abrace Montenegro”.

De acordo com a organização, estudos apontam que cerca de R$300 milhões podem ser destinados diretamente para crianças, adolescentes e idosos no Estado. Com a destinação, além de ajudar ONGs da cidade, o contribuinte pode ainda acompanhar de perto o trabalho e o impacto de seu imposto na vida de crianças, adolescentes e idosos.

Quem e quanto se pode destinar?
A Pessoa Física, que faz Declaração do Imposto de Renda pelo modelo completo, pode destinar até 3% do Imposto devido. Mesmo as pessoas físicas que têm restituição podem doar. Neste caso, a doação aumenta o valor restituído.

Quando destinar?
As doações dentro do exercício devem ser feitas aos respectivos fundos, de acordo com a legislação do Imposto de Renda. No entanto, é possível indicar a entidade com projetos ou programas aprovados pelos Conselhos dos respectivos Fundos. Estas doações são feitas por meio do DARF emitido diretamente do programa gerador do IRPF e devem ser obrigatoriamente pagas até o final do mês de abril.

Conheça as instituições e projetos aprovados que podem receber a destinação de parte de seu Imposto de Renda:

** Lar Sagrada Família: Atende cerca de 30 idosos de Montenegro e municípios vizinhos

– Idosos com energia pra dar e vender: O projeto aprovado visa instalar um sistema de produção de energia limpa e socializá-la com a rede púbica para o bem do meio ambiente, para a diminuição dos custos operacionais no cuidado com os idosos e para criar condições futuras de instalar equipamentos elétricos que agreguem mais conforto aos idosos.

– Todo cuidado para os idosos: Este projeto visa ampliar a equipe de cuidadores do Lar Sagrada Família com a contratação de 01 médico, 01 fisioterapeuta, 01 assistente social e 01 educador físico, cujas expertises contribuem significativamente na qualidade de vida dos idosos.

– Idosos com alimentação saudável: O projeto visa garantir uma alimentação saudável e balanceada para os idosos atendidos contribuindo para manutenção da saúde do púbico atendido, lutando contra a desnutrição senil, anorexia, anemia, etc.

– Jardim das Sensações e Lembranças para os idosos: Este projeto visa oferecer um espaço planejado para caminhadas leves; exercitar o sistema neurológico e sensorial e, com isso, contribuir para sua reabilitação motora, neurológica e também emocional, contribuindo com seu bem-estar.

– Ampliando o Acolhimento aos Idosos: O projeto visa ampliar a capacidade de acolhimento através da construção de dois quartos com banheiro no segundo piso da ala esquerda.

– Administrando a vida dos Idosos com Excelência: Este projeto visa readequar os espaços destinados aos setores Administrativos do Lar Sagrada Família, buscando a excelência no cuidado ao idoso.

** Casa de Amparo Mão de Deus: Atende cerca de 70 idosos em situação de risco social

– Envelhecimento Jovem: O projeto visa proporcionar atendimento digno e humano aos idosos institucionalizados, com foco nos direitos a vida, a saúde, a cultura, ao esporte, ao lazer, a cidadania, a liberdade, a dignidade, ao respeito e a convivência familiar e comunitária dos idosos.

** APOPESMONT – Associação dos Aposentados e Pensionistas de Montenegro: Atende cerca de 200 idosos

– Montenegro, o pra sempre é você quem faz: O projeto aprovado visa adquirir recursos para escada, elevador e a conclusão do segundo piso da nova sede da Associação. Com isso, espera que sejam minimizados os danos da vulnerabilidade social aos nossos idosos, aumentando a expectativa de vida, protegendo e garantindo direitos fundamentais para que os idosos sejam protagonistas de sua própria vida social.

** Associação Montenegrina de Jiu-Jitsu: Atende 40 crianças e adolescentes com idade entre 06 e 16 anos

– Pequeno Campeão: O projeto visa promover o desenvolvimento integral e a inclusão social de crianças e adolescentes através da prática do Jiu-jitsu contribuindo, assim para o alcance da cidadania.

** Sociedade Beneficente Espiritualista: Atende 581 crianças e adolescentes

– Construindo Bem-estar e dignidade para crianças e adolescentes: O projeto aprovado visa ofertar ambientes acolhedores, com padrões de dignidade, seguros, sustentáveis e acessíveis, adequados ao trabalho desenvolvido, objetivando a inclusão social.

** Adote um Atleta: Atende crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social

– Adote um atleta: O projeto visa promover a prática esportiva do futebol, no contra turno escolar, para desenvolver dentre os beneficiários competências para o exercício da cidadania e conscientizar sobre a importância de manter hábitos de vida saudáveis.

** APAE: Atende 40 crianças e adolescente com deficiência–

– Inclusão produtiva: O projeto visa capacitar jovens com deficiência, prioritariamente de baixa renda, para possibilitar oportunidades de emprego e geração de renda, estimular o empreendedorismo, combater a pobreza e reduzir as desigualdades sociais, promover a inclusão social, contribuir para a estabilidade econômica com crescimento sustentado e consolidar a democracia e defesa dos direitos de crianças e adolescentes em situação de risco social.

** Federação Gaúcha de Karatê: Atende crianças e adolescentes na faixa etária de 06 a 17 anos–

– Karatê além do esporte: O projeto visa ampliar o acesso de crianças e adolescentes em situação de risco social a atividades esportivas na modalidade de karatê e promover a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência através do esporte, para desenvolver e formar pessoas capazes de agir com base em princípios éticos e de forma cada vez mais autônoma e transformadora, tanto a nível pessoal como no nível coletivo, num processo de inclusão social, promoção da saúde e construção da cidadania.

Para doações destinadas ao Lar Sagrada Família; Casa de Amparo Mão de Deus ou APOPESMONT, deve-se utilizar o Conselho Municipal do Idoso, cuja para destinação de parte do IR a projetos aprovados por este Conselho é:

Banco Banrisul Agência: 0283
Conta: 04.105674.0-9
CNPJ: 26.568.770/0001-29

Já para doações destinadas à Associação Montenegrina de Jiu-Jitsu; Sociedade Beneficente Espiritualista; Adote um Atleta; APAE ou Federação Gaúcha de Karatê, deve-se utilizar a conta do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente:

Banco do Brasil (001) Agência: 0318-2
Conta: 53191-X
CNPJ: 17.931.390/0001-16

 

Informações: ACOM/Prefeitura

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here