Reprodução/FN

A prefeitura de Maratá, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, informou que uma paciente marataense foi encaminhada ao Hospital Montenegro (HM), ontem, sexta-feira, dia 28, por conta de sintomas compatíveis aos da Covid-19 (coronavírus). Por meio de avaliações, foi realizada a internação em isolamento na ala restrita para o coronavírus. Portanto, este é o primeiro caso suspeito para a Covid-19 em Maratá.

Conforme a Prefeitura, já foi realizada a coleta de material para ser analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS). O resultado deve sair num período de quatro a sete dias. Conforme a Secretaria Municipal da Saúde, a família da paciente recebeu todas as orientações para o isolamento social por 14 dias, seguindo expressamente as determinações do Ministério da Saúde.

A Administração Municipal de Maratá reforça que as medidas impostas pelo Decreto de Calamidade Pública, para que as restrições de circulação de pessoas sejam respeitas. O alerta é para que a população continue em casa, saindo somente para realizar o essencial. A orientação é de que apenas uma pessoa de cada família vá ao mercado, além de lavar regularmente as mãos com água e sabão, fazer o uso do álcool gel ou álcool 70%, idosos acima de 60 anos permaneçam sempre em casa, deixem suas casas bem arejadas e estejam mais de dois metros de distância das pessoas.

Também é preciso ficar atento aos sintomas: coriza, tosse seca, e principalmente febre e falta de ar. Se apresentar os dois últimos sintomas, ligue imediatamente para o Plantão (996 548 322). Se apresentar outros sintomas de gripe e suspeitar que seja coronavírus, ligue para a Vigilância em Saúde de Maratá (996 997 722) para receber orientações e avaliação do caso. Estamos à disposição da comunidade para qualquer dúvida e informação.

Fonte: Prefeitura de Maratá

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here