Crédito: Divulgação/FN

Lívia Teles, atualmente com 13 meses de idade, foi internada na UTI do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, no último domingo, dia 1º, e, por enquanto, não tem previsão de alta hospitalar.
Seu estado de saúde foi agravado após uma gripe que evoluiu para pneumonia, tendo iniciado tratamento com antibióticos, seguindo em observação médica e hospitalar.

Como amplamente divulgado por meio da campanha “Todos pela Lívia”, aos quatro meses, a pequena foi diagnosticada com AME tipo 1 (atrofia muscular espinhal), uma doença neurodegenerativa grave e rara que, se não for tratada adequadamente, pode levar à morte do bebê antes de completar dois anos de idade. Em agosto desse ano a família a mobilização para arrecadar fundos para uma nova terapia que promete a cura da doença. Entretanto, o tratamento está sendo realizado apenas nos Estados Unidos.

O medicamento indicado é considerado o mais caro do mundo, custando cerca 2,5 milhões de dólares (R$ 9 milhões). Por isso, a família e amigos buscam incansavelmente apoio e doações, lutando contra o tempo.
Considerando o atual estado de saúde da bebê, a família, com apoio de populares em diversas cidades da região, busca intensificar a campanha. Se você ainda não conhece a história da Lívia, acompanhe no Instagram @liviatls e no Facebook, através da página Todos pela Lívia. Faça o natal de Lívia e da família se encher de esperança.

Pedágios solidários e outros eventos vêm sendo realizados na busca de recursos para o tratamento médico. Interessados em colaborar também podem fazer depósitos bancários no Banco do Brasil (agência 3188-7, conta 77.777-3, CPF 060.397.140-77), Sicredi (agência 0119, conta 34666-0) e Banrisul (agência 0946, conta 39.065432.0-6).

Crédito: Divulgação/FN

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here