Investimento foi bancado através de financiamento via Pronaf | Anne Kunzler/Divulgação

A família do avicultor Renato Rohr, da localidade de Vila Floresta, em Harmonia, recentemente, realizou investimento na instalação de placas solares para produção de energia num de seus galpões. Conforme a administração harmoniense, essa é uma das primeiras propriedades na região a adotar o sistema, que busca, justamente, diminuir as despesas com o uso de energia elétrica.

Investimento foi bancado através de financiamento via Pronaf | Anne Kunzler/Divulgação

A energia produzida vai abastecer toda a propriedade, mais a casa da família, que hoje gasta entre R$ 2 e R$ 3 mil reais por mês em contas de luz. O custo do equipamento, instalado pela  Ecosul Energias Renováveis, chegou a R$ 150 mil, sendo financiado pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O galpão onde foram colocadas as placas tem capacidade para alojar 33 mil aves. Segundo Daísa Rohr, filha de Renato, a estrutura funciona de forma diferente das convencionais, já que é totalmente fechada e possui exaustores de ar, além de iluminação automática que se adapta aos períodos de luz do dia e ao tempo de vida das aves. Ao todo são cinco aviários, totalizando uma produção de 100 mil aves.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Leozildo Lira, esteve no local para conferir a novidade. Para ele, esse é um dos melhores investimentos que os produtores podem fazer. ‘Estamos falando de energia limpa e renovável e de uma economia gigantesca para o produtor, que poderá investir na propriedade o dinheiro antes gasto com contas de luz’, explica.

Daísa destaca que, como o sistema foi recém instalado, a família ainda não recebeu a fatura para o comparativo da redução dos gastos. ‘Mas já podemos adiantar que teremos sim um valor reduzido com energia’, afirma. Pelos cálculos do secretário Leozildo, com a economia, o investimento deverá ter sido abatido em tempo inferior ao financiamento.

Deixe seu comentário