Crédito: Prefeitura/Reprodução

A Prefeitura de Feliz comunicou ontem, quarta-feira, dia 18, que o município tem um novo caso em investigação que se enquadra no protocolo de caso suspeito do Ministério da Saúde quanto ao coronavírus. O paciente esteve em viagem ao exterior e apresenta sintomas respiratórios.

Conforme a Prefeitura, já foi realizada a coleta e encaminhada para exame do Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), em Porto Alegre. Assim que tiver o resultado, a Prefeitura prometeu atualizar sobre a situação.

No início da semana foi anunciado um outro caso suspeito na Feliz. Entretanto, na última terça-feira a prefeitura informou que o primeiro caso suspeito não se enquadrava nos atuais critérios da Secretaria Estadual da Saúde. E por isso o Estado decidiu pela não realização do exame para confirmação. O paciente está bem, em isolamento domiciliar, e continuará sendo acompanhado e orientado pela equipe de saúde.

Só casos graves devem procurar o hospital

Em informativo, a Prefeitura orienta que só casos de urgência e emergência devem ser encaminhados ao Hospital Schlatter. Nas demais situações os pacientes devem procurar as unidades de posto de saúde. Também devem ser evitadas visitas a pacientes internados. Só é permitida uma visita por paciente, no horário das 12h às 14h e 18h às 19h. Procedimentos envolvendo cirurgias eletivas estão sendo reavaliados para novo agendamento. Outras orientações são quanto a manter distância entre pacientes, usar álcool nos corredores, consultórios e quartos.

Assim como nos demais municípios, as aulas na rede municipal da Feliz serão suspensas pelo período de 15 dias, a partir de 23 de março. E através de decreto, emitido pelo prefeito Albano Kunrath, várias outras medidas estão sendo adotadas, como consta no site e facebook da Prefeitura. Conforme a Prefeitura, a orientação é que a pessoa que tiver algum sintoma, semelhante ao da gripe, que ligue para a sua Unidade Básica de Saúde mais próxima para receber mais informações com a equipe. Para facilitar o atendimento, é solicitado que ao realizar a ligação o morador saiba informar qual seu ESF e a sua agente de saúde. Desta forma, agiliza a transferência da ligação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here