A despedida de Lucas Santos Xavier, de 20 anos, ocorreu na última sexta-feira, dia 6, após velório na capela da Funerária Hartmann da Feliz, missa na igreja Matriz e sepultamento no Cemitério Católico.

No início da madrugada de quinta-feira, dia 5, por volta de meia-noite e 25 minutos, uma guarnição da Brigada Militar foi acionada pela sala de operações para averiguar um acidente de trânsito onde o veículo saiu da pista, capotou e chocou-se contra uma construção no pátio de uma transportadora.

Ao chegar ao local, na Rua Júlio de Castilhos, bairro Matiel, os PMs citam que a vítima já estava sem sinais vitais e fora do veículo devido ao impacto. Foi acionado Samu que constatou o óbito, e posterior acionada a DPPA de Montenegro e repassado para a Polícia Civil.

Lucas Xavier tinha 20 anos
– Crédito: Facebook

Lucas era natural de Bom Princípio, mas morava atualmente na Feliz, no bairro Matiel. Segundo a Brigada, ele estava sozinho no veículo. Era conhecido também pela atuação no futebol, em equipes como América do Vale do Lobo, Enxuta e Torino. Inclusive estaria voltando de um treino do América quando lamentavelmente aconteceu o acidente. Conforme informações, trabalhava numa empresa de Tupandi. Bastante conhecido e estimado, seu falecimento causou grande repercussão e consternação.

Lucas deixa os pais Rozicléia da Silva Santos e Júlio César Xavier, os irmãos gêmeos Brayan e Pyetro, mais a namorada Michele Bohn, além de demais familiares e muitos amigos. “Era um guri com o coração maravilhoso. Por onde passava espalhava amor e alegria. Não media esforço para ajudar as pessoas ao seu redor. Amava estar com a família. Suas paixões eram jogar futebol e pescar”, diz a tia Jéh Santos. “Foi o pior dia da minha vida”, postou Michele, no dia da despedia. “Você foi o namorado perfeito e todos os dias agradecia a Deus por ter sua presença na minha vida”, completou, em sua página no facebook, muito abalada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here