Jurandir Volff, de 73 anos, foi atropelado por um caminhão na tarde de ontem junto ao trevo de acesso à cidade, na RS 240 - Reprodução/FN

Jurandir Antonio Wolff, de 73 anos, está sendo velado na Funerária Santana e o sepultamento está previsto para as 10h30 da manhã desta quinta-feira, dia 5, no Cemitério Municipal de Capela de Santana.

Vítima de atropelamento ocorrido no início da tarde de ontem, quarta-feira, dia 4, na altura do quilômetro 19 da RS 240, junto a rotatória do trevo de acesso ao município de Capela de Santana, ele era morador do bairro Imigrantes, no próprio município. Ele foi atingido por um caminhão Iveco. Segundo informações, o motorista ainda tentou desviar do pedestre que atravessava a rodovia, mas o condutor não conseguiu evitar o atropelamento. Uma equipe da Secretaria da Saúde de Capela de Santana prestou atendimento, mas a vítima não resistiu aos graves ferimentos e faleceu no local.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Montenegro controlou o trânsito e a Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do atropelamento.

Protestos

Os graves acidentes, inclusive com mortes, na RS 240, entre Capela de Santana, Portão e São Leopoldo, tem motivado vários protestos da população. Na última terça-feira foram colocadas 100 cruzes no canteiro central da rodovia, em Portão, visando pedir mais segurança, principalmente passarelas. Um novo protesto está marcado para o dia 15 de agosto, domingo da próxima semana, às 16h, quando a rodovia deve ser bloqueada.

Hoje pela manhã, quinta-feira, por volta de 6h15, ocorreu mais um acidente grave na RS 240, altura do quilômetro 4, em Portão, envolvendo caminhão, moto e bicicleta. A colisão resultou em morte e vítimas com lesões.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here