Crédito: Divulgação/FN

Na última semana, durante Tarde de Campo em propriedade rural na localidade de Pinheiro Machado, foi realizada a entrega de certificados para sete famílias de Brochier que integram o Organismo de Controle Social (OCS) Cultivar. Os documentos reconhecem a entidade como de produção orgânica pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Governo Federal.

Conforme e extensionista da Emater/RS-Ascar, Fabiel Kamphorst, a caminhada para a consolidação da OCS teve início há cerca de três anos, quando da execução da Chamada Pública da Agroecologia, que atendia produtores que adotavam o manejo orgânico ou que estavam em transição agroecológica. “Na época, diversas reuniões e capacitações envolvendo técnicos, lideranças e agricultores, possibilitaram perceber o potencial para os cultivos livres de agroquímicos”, enfatiza Kamphorst.

Formalizado o Organismo, os agricultores podem fazer a venda direta de produtos orgânicos ao consumidor, sendo o próprio grupo responsável por assegurar que os produtos, processos e serviços estejam de acordo com as normas. Por meio do selo que atesta a condição da OCS, será possível a comercialização em feiras e outros com a adoção de uma espécie de selo que confere credibilidade a entidade, garantindo também visibilidade a essa.

Integrante da OCS, o agricultor Rubio Kleber, que cultiva laranjas e bergamotas orgânicas, celebrou a conquista, que representa um avanço para a produção agroecológica regional. “A gente percebe um aumento da demanda nesse sentido, o que representa um potencial a ser alcançado em termos de mercado”, avalia. Em sua propriedade, além dos citros, Rubio pretende implantar uma estufa de tomates, além de projetar uma horta com outros cultivos, como pimentão e berinjela.

Para o assistente técnico regional de Sistema de Produção Vegetal da Emater/RS-Ascar, Lauro Bernardi, há que se celebrar a conquista que representa a validação da OCS pelo órgão competente. “Ações como esta, com a oferta de produtos de qualidade e diferenciados, representam a ampliação do espaço democrático, com respeito ao meio ambiente e ao consumidor”, afirma.

O evento contou com a presença autoridades, como o prefeito de Brochier, Clauro de Carvalho, o supervisor da Emater/RS-Ascar Fábio da Encarnação e a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Marlise Keller, além de agricultores brochienses. 

Deixe seu comentário