Proposta de Fábio Juwer ainda deve ser analisada pelos demais vereadores - Reprodução/FN

O vereador Fábio Juwer, do MDB, protocolou nesta segunda-feira, dia 13, na Câmara de Vereadores, os projetos para autorização da doação de merenda escolar para as famílias de baixa renda, e a redução salarial dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e dos secretários municipais em 50%, por três meses, a fim de que a verba extra seja usada para ações de combate ao Coronavírus.

Fábio ressalta que o município terá redução de receitas, devido ao comércio e serviços fechados, justamente quando necessita de mais recursos para investir na saúde, como para a compra de equipamentos de proteção e outros materiais. Quanto à merenda escolar, que está estocada nas escolas municipais e tem prazo de validade, Fábio propõe que os produtos sejam doados para as famílias de baixa renda, cadastradas no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), durante o período de suspensão das aulas. As propostas ainda dependem de apreciação dos demais vereadores, sem previsão para votação, já que as sessões estão suspensas.

O governador Eduardo Leite, durante pronunciamento nesta segunda-feira, anunciou a redução de seu salário em 30% entre abril e junho, além de estimular secretários municipais a fazerem o mesmo. Além de no Governo do Estado, em vários municípios já foram apresentadas propostas de reduções salariais. Também no Congresso Nacional, de cortes de 50% nos salários dos deputados federais e senadores pelo período de três meses.

Merenda é distribuída

A Prefeitura de Bom Princípio informa que, desde o dia 8 de abril, a merenda escolar, que não viria a ser utilizada dentro do período da suspensão das aulas, passou a ser distribuída no CRAS. Mas por conta da elevada demanda no CRAS uma alteração será feita. O CRAS atende a toda a comunidade mais vulnerável e a movimentação vinha aumentando por conta do Auxílio Emergencial e da Bolsa Família. Desta forma, a secretaria de educação propôs alteração na entrega dos alimentos da Merenda Escolar. De acordo com a secretária Vanessa Steffen, para evitar aglomerações, as entregas às famílias que têm alunos matriculados serão feitas nas escolas, com agendamento prévio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here