Prédio vai retornar para o município e poderá ser aproveitado na área da educação - Crédito: Prefeitura

O prefeito de Bom Princípio e o reitor da UCS, juntamente com representantes dos departamentos jurídicos da Prefeitura e da universidade, tiveram reunião na última segunda-feira que tratou da desocupação do prédio em que funcionava o Instituto de Materiais Cerâmicos (IMC) e que pertence ao município. Construído pelo município para ser uma creche, o imóvel tinha sido cedido à universidade há vários anos. Com a necessidade do local para ser destinado à educação, foi encaminhada a solicitação da comunidade para a retomada do prédio, através de trâmite legal e também tratativas entre as partes.

Representantes da Fundação da Universidade de Caxias do Sul solicitaram um prazo para a desocupação do prédio, para que possam ser retirados equipamentos de grande valor e que precisam ser manuseados por técnicos vindos de fora do Brasil. Entretanto, isso depende de viagens internacionais que agora não são permitidas devido a pandemia.

Reitor, prefeito e secretária da educação estiveram hoje no prédio
– Crédito: Prefeitura

Nesta terça-feira, com a presença do reitor da UCS, Evaldo Antonio Kuiava, foi feita uma visitação ao local, com a participação também do prefeito Fábio Persch acompanhado da secretária de educação, Vanessa Fribel de Quadros Steffen, que esteve à frente da comissão para a retomada do prédio, e também dos representantes do setor jurídico da prefeitura. Ficou acordado que, dentro de algumas semanas, o município já poderá entrar no prédio, na maioria dos setores, podendo fazer as melhorias e adequações necessárias para que o espaço seja usado para a área de educação. Nas outras áreas, onde estão os equipamentos de grande valor e que precisam de remoção por técnicos vindos do exterior, a retirada será feita assim que possível. O município, através do seu setor jurídico, irá auxiliar nos trâmites junto ao Governo do Estado, pois a esfera estadual participou do processo de implantação do IMC.

A universidade irá realocar o IMC para Caxias do Sul e continuará atendendo as demandas regionais, como era estipulado inicialmente no projeto de pesquisa e desenvolvimento de materiais. Com isso, a mudança de endereço não deve gerar prejuízos para as empresas atendidas pelo IMC. Parte do mobiliário do IMC irá para o campus da UCS de São Sebastião do Caí, enquanto o maquinário será levado para o campus de Caxias do Sul.

Quanto à destinação do prédio, primeiramente a secretaria da educação, juntamente com os profissionais da engenharia, farão uma avaliação das necessidades para a adequação das instalações e quais são as possibilidades existentes. Assim que o município estiver de posse novamente do prédio, o espaço poderá ser aproveitado para atividades na área do ensino.

“Ficamos felizes em poder ajustar os detalhes com a UCS, mantendo a relação amigável e de construção conjunta de um trabalho em favor da sociedade. Da forma que ficou tratado o município terá o seu prédio e a UCS manterá o IMC em funcionamento. Todos serão beneficiados. Nada se resolve de um dia para o outro, mas os avanços de hoje são muito importantes”, ressalta o prefeito Fábio Persch.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here