Flora Hoff, de 77 anos, e a filha Márcia Hoff, de 44 anos, moravam em Santa Teresinha e eram muito apegadas - Reprodução/FN

Muitas famílias estão sofrendo com a perda de parentes em decorrência do coronavírus. E a dor aumenta muito mais no caso das famílias que tiveram mais de uma morte.

No Vale do Caí ocorreram casos de casais, diagnosticados com a Covid-19, que perderam a vida numa diferença de poucos dias. Isso ocorreu no ano passado em São Vendelino e mais recentemente em Montenegro. E agora outra situação muito triste foi de mãe e filha, moradoras de Bom Princípio, que também faleceram após o contágio. É mais um alerta para redobrar a prevenção, ainda mais num dos momentos mais difíceis da pandemia.

Mãe e filha faleceram em uma diferença de 18 dias
– Reprodução/FN

Em 22 de fevereiro faleceu a massoterapeuta Marcia Hoff, aos 44 anos de idade. Dezoito dias depois, na última sexta-feira, dia 12, morreu sua mãe, dona Flora Maria Hoff, de 77 anos. As duas moravam na mesma casa, no bairro Santa Teresinha, em Bom Princípio. Eram muito apegadas. Márcia era a única filha. Era ela quem cuidava da mãe. Dona Flora, que era viúva, teve outros quatro filhos homens – gêmeos em dois partos, um deles já falecido. “Eram muito queridas e prestativas”, diz uma cunhada.

Outros integrantes da família também foram diagnosticados com a Covid-19. Um deles o pequeno Leonel, de 4 anos, filho de Márcia. Felizmente teve sintomas leves. Já o marido, João Carlos, está internado em Caxias do Sul. E demais familiares que pegaram o vírus não tiveram sintomas graves e já estão curados.

Além da dor da perda e do sofrimento durante a luta contra o coronavírus, mais a impossibilidade para se conseguir transferência para hospital com UTI devido à falta de leitos, os familiares enfrentaram outro drama. A despedida sem poder ver e realizar velório. Foi direto o sepultamento, restrito para poucas pessoas, entre parentes e pessoas mais íntimas. “Sempre tivemos a esperança. É muito triste. Ainda mais perder duas pessoas da mesma família. É um choque muito grande”, lamenta um familiar. “Todo mundo tem que se cuidar. Não desejo isso para ninguém”, conclui.

Na mesma sexta-feira em que ocorreu o falecimento de dona Flora, o boletim dos casos de coronavírus de Bom Princípio informou mais dois óbitos, de homens de 74 e 77 anos. Três mortes de pacientes com coronavírus em dois dias, o que é um triste recorde. O município agora soma 18 óbitos de casos positivos da Covid-19.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here