Quinta Neles venceu no tempo normal e nos pênaltis, conquistando o título inédito - Crédito: Luciano Weber/Comunidade do Vale FM

Mesmo jogando fora de casa e com a desvantagem de ter perdido o jogo de ida em Harmonia, o Quinta Neles reverteu à situação e conquistou o título inédito de campeão do Intermunicipal de futebol de campo do Vale do Caí.

Leandro Vuaden foi o árbitro de decisão
– Crédito: Sérgio Graebin/Vale Feliz FM

Foi uma decisão eletrizante, diante de grande público e transmissão ao vivo de duas rádios – Vale Feliz FM e Comunidade do Vale FM, ambas também com imagens pelo facebook. A arbitragem foi comandada por um dos melhores árbitros do país, Leandro Vuaden, que já usou escudo da Fifa e apita jogos do Brasileirão.

O Santo Inácio, que já conquistou quatro títulos do Intermunicipal, tendo sido vice no ano passado, era o favorito para chegar ao penta dos titulares. Jogava em casa, em Bom Fim Alto, com o apoio de sua grande torcida, que lotou o estádio no domingo ensolarado de hoje, 23 de junho. O time de Bom Princípio precisava só do empate, pois tinha vencido por 1 a 0 em Harmonia no domingo anterior, com um gol no último minuto. E logo no início do jogo o Santo Inácio poderia ter ampliado ainda mais a vantagem, pois teve um pênalti a seu favor. Só que aí começou a brilhar a estrela do goleiro Bruno, do Quinta Neles. Ednilson Tanque cobrou a penalidade e Bruno defendeu. Dez minutos depois, aos 24 da primeira etapa, Dodô marcou para o Quinta Neles. Apesar das várias oportunidades, de ambos os lados, o placar não mudou mais. E a vitória de 1 a 0 para o time de Harmonia levou a decisão para os pênaltis.

Quinta Neles ganhou de 1 a 0 no tempo normal e 3 a 0 nos pênaltis
– Crédito: Sérgio Graebin/Vale Feliz FM

De um lado o experiente arqueiro Luiz Müller. E do outro Bruno. Nas penalidades quem levou a melhor foi o goleiro do Quinta Neles. Primeiro pegou cobrança de Lins. Depois viu seu colega Sílvio marcar. Em seguida Dico chutou no poste. Já Rafinha não desperdiçou. Bruno ainda defendeu a cobrança de Garoni. E Rafinha fechou o placar nos pênaltis em 3 a 0 para o time de Harmonia, que fez a festa com a conquista do título inédito.

Quinta Neles, dirigido por Wagner porque o técnico Camarão estava expulso, se sagrou campeão com Bruno; Quevedo, Juá, Kojak (Papão) e Josuel; Fininho, Mathias (Beiço) e Tida(Rafinha); Dodô (João), Pepe (Mendel) e Silvio.

Já o Santo Inácio, do técnico Diego Kunrath, contou com Luiz Müller; Índio, Gerson, André e Bruno Gaúcho; Everton Zatti (Dico), Garroni, Ro, Juninho; Maicon (Gilsinho) e Edmilson Tanque (Lins).

Pepe foi o artilheiro do certame e o Quinta Neles teve também a melhor defesa.

Santo Inácio campeão dos aspirantes

Nos aspirantes o Santo Inácio ganhou nos pênaltis do Aliança e ficou com o título
– Crédito: Sérgio Graebin/Vale Feliz FM

Na preliminar ocorreu a final dos aspirantes. Como no jogo de ida a partida tinha terminado empatada em 1 a 1, com dois gols em pênaltis, Santo Inácio e Aliança do Vale Real entraram em campo com as mesmas possibilidades de chegar ao título. O time de Bom Fim Alto só tinha a vantagem de jogar em casa. Mas o placar do segundo jogo foi o mesmo do primeiro. Novamente terminou 1 a 1, com gols de Wuillian (Santo Inácio) e Jardel (Aliança). E aí a decisão foi para os pênaltis. E nas penalidades quem levou a melhor foi o time da casa. O Santo Inácio venceu nos pênaltis por 5 a 3 e comemorou o título diante de sua torcida.

Fabiano, do Santo Inácio, foi o goleador. E Pablo, também do Santo Inácio, o goleiro menos vazado.

Deixe seu comentário