Daer, com apoio das Prefeituras de Bom Princípio e Tupandi, ainda vai arrumar o trecho em que abriu buraco e está bloqueado - Arquivo/FN

Os prefeitos Fábio Persch e Hélio Müller, de Bom Princípio e Tupandi, juntamente com os setores jurídico e de engenharia de Bom Princípio, assim como o presidente da câmara de vereadores, João Augusto Rodrigues da Silva, além do vereador Dárcio Schneider, foram ao Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER) buscar uma solução para o problema ocorrido no antigo traçado da RS 122, onde o asfalto cedeu e faz cerca de três semanas que está bloqueado.

Comitiva de lideranças, incluindo os dois prefeitos, esteve em reunião no Daer
– Crédito: Prefeitura de Bom Princípio

De acordo com o diretor do DAER, Sivori Silva, a responsabilidade da rodovia ainda é do departamento, mas não há aporte financeiro para tal. O DAER poderá entrar com o seu setor de engenharia, tendo pedido uma semana para fazer um estudo de caso, enquanto que as duas prefeituras entram com o dinheiro para a execução da obra.

A interrupção da pista traz sérios problemas na questão logística, já que o ir e vir de veículos fica impossibilitado, sendo necessário fazer um retorno pelo centro da cidade de Bom Princípio. Os municípios de Tupandi e Bom Princípio deverão ser parceiros na realização da obra de recuperação da estrada, pois ambos tem grande interesse na liberação da estrada.

Outra questão levada à pauta junto ao DAER é a municipalização do antigo traçado da RS 122, que tem, inclusive, projeto de revitalização do município. O mesmo havia sido encaminhado em 2016, mas acabou não sendo confirmado o repasse para o município. Segundo o prefeito Fábio Persch, a assinatura do repasse do traçado ao município deve ocorrer ainda em dezembro.

E também foi encaminhada, ao DAER, a municipalização da ERS 415, que vai da rua lateral Afonso Jorge Ledur até o Arroio das Pedras. O mesmo pedido havia sido sondado anteriormente mas estava arquivado no DAER. Segundo o prefeito Fábio Persch, este assunto voltará a ser tomado com o DAER depois de uma análise dele, mas, previamente o departamento concorda com o repasse à prefeitura deste trajeto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here