Mostra de incentivo à pesquisa classificou trabalhos para a Mostratec Júnior de Novo Hamburgo e para a feira do IFRS da Feliz, além dos projetos mais populares - Crédito: Prefeitura

Foram divulgados ontem, quarta-feira, 15 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos de Bom Princípio, os resultados da Mostra MIP 2021. A Mostra de incentivo à pesquisa deste ano ocorreu em formato online, com os trabalhos sendo apresentados através do facebook da Prefeitura, onde inclusive receberam votos através de curtidas.

Contando com a presença de autoridades municipais, educadores, alunos, familiares e demais convidados, aconteceu a premiação. Do total de 64 projetos inscritos em três diferentes categorias – divididas pelos níveis de ensino das turmas – nove foram qualificados a participar da Mostratec Junior, em Novo Hamburgo, e no IFRS campus de Feliz.

Houve ainda a premiação por votação popular, havendo, inclusive, dois projetos que tiveram adesão de mais de mil curtidas do Facebook da prefeitura, durante a última semana, o que mostra o engajamento da comunidade. Assim, na categoria 1, de 1º a 3º ano, a votação popular teve dois premiados, cada qual acima das mil curtidas. Foram premiados os projetos “Meu lanchinho saudável”, da Escola 12 de Maio e “Hábito mudado, vida melhorada”, da Escola Albino David Hartmann. Estava programada a premiação ao primeiro lugar de cada categoria, mas como o engajamento foi gigantesco e houve empate, cada um dos projetos recebeu o troféu da votação popular. Na categoria 2, de 4º a 6º ano, o projeto “Imunidade: para a prevenção, uma solução!”, da escola José de Anchieta, ficou em primeiro lugar. Já na categoria 3, de 7º a 9º ano, o projeto “Adoção de Crianças”, da Escola 12 de Maio, foi o vitorioso entre os mais votados no Facebook.

PROJETOS PREMIADOS

Na ótica dos avaliadores que assistiram aos vídeos e tiveram encontro virtual com as turmas, foram premiados nove projetos, tendo eles passaporte carimbado para participar de feira no IFRS e no Liberato, em Novo Hamburgo.

Irão para a Mostratec, do Liberato os projetos:

Quanto custa meu sonho? – da Escola 12 de Maio – categoria 1

1001 utilidades do vinagre – Escola Nossa Senhora da Piedade – 1º colocado na categoria 2

Imunidade: para a prevenção, uma solução! – Escola José de Anchieta – 2º colocado na categoria 2

O crescente adoecer na saúde mental: uma nova pandemia silenciosa? – Escola Estadual Santa Teresinha do Forromeco – 1º lugar na categoria 3

Por que cancelar virou cultura? – Escola Municipal 12 de Maio – 2º lugar na categoria 3

Foram qualificados para participar de feira de pesquisa no IFRS os projetos:

O carteiro chegou – Escola José de Anchieta – 2º lugar na categoria 1

Da natureza à torneira: a incrível viagem da água – Escola Nossa Senhora da Piedade – 3º lugar na categoria 1

As várias faces do morango: da mesa para moda e beleza – Escola 12 de Maio – 3º lugar na categoria 2

Jornada nas estrelas: observando astros no céu de Bom Princípio – Escola 12 de Maio – 3º lugar na categoria 3

 Enaltecendo o trabalho extraclasse

A Secretária Municipal de Educação de Bom Princípio, Vanessa Fribel de Quadros Steffen, agradeceu o envolvimento de toda a sua equipe, da comunidade escolar, dos pais, e enalteceu o empenho que tiveram os professores, orientadores e também os alunos. Segundo ela a educação não se constrói apenas dentro de quatro paredes de uma sala de aula. Para ela é preciso ir além do tradicional, incentivando a pesquisa, de modo que os interesses por conhecimento sejam amplos, abrindo-se um leque para as novidades e um mundo novo que se apresenta aos alunos. “A mostra de incentivo à pesquisa no ano de 2021 foi desafiadora porque precisou unir o remoto e o presencial. Foi realizada de forma on-line e organizada para que a qualidade dos trabalhos continuasse enaltecido. Foi um verdadeiro sucesso em planejamento, organização e execução. Estamos orgulhosos!”, disse Vanessa Steffen, sintetizando o pensamento de toda a equipe da educação.

O prefeito Fábio Persch, presente ao evento, também elogiou o trabalho como um todo, revelando-se surpreso com os níveis dos trabalhos e também com o envolvimento da comunidade, afinal, foram milhares de curtidas nas redes sociais, tendo as pessoas oportunidades de ver que, mesmo de forma virtual, o conhecimento pode ser propagado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here