Allan e Kauã já estão fazendo sucesso - Reprodução/FN

A dupla sertaneja formada pelos jovens Allan e Kauã Hahn dos Santos lançou o seu primeiro CD. O trabalho é um reconhecimento a carreira dos dois irmãos gêmeos, de 17 anos, que já cantaram ao lado dos famosos Henrique & Juliano na Festa do Moranguinho do ano passado. E no último dia 10 de dezembro fizeram show no Natal Show de Bom Princípio, quando também dividiram o palco com a dupla Lucas e Felipe.

Allan e Kauã eram ainda bem meninos quando se mudaram para Bom Princípio com a família, deixando no passado a vida na capital gaúcha. Mas na bagagem trouxeram algo que remete a um amigo da família: a música. Não sabiam, nem ao menos desconfiavam os pais que Allan e Kauã, os gêmeos da casa, viriam a se tornar músicos.

Kauã, que já arranhava um violão e arriscava cantar os seus primeiros agudos, despertou o interesse no irmão gêmeo. Se dividiram o ventre da mãe, poderiam também, dividir o palco. E para formar uma dupla é preciso algo mais do que afinação, é necessária afinidade. Assim, Allan topou fazer a segunda voz e cantar com o seu mano pelas estradas da vida.

Agora, com cinco anos de cantorias, os guris arriscam-se também nas composições, sendo o Kauã o letrista, e Allan aquele que dá a polida final na composição em si. “Fizemos em duo, cada um contribui um pouco”, disse Kauã, dividindo o mérito com o mano.

Mais sucesso

Allan e Kauã Hahn dos Santos têm o sobrenome germânico, os ligando a Bom Princípio, de onde se sentem filhos, mesmo que não tenham nascido na terra do moranguinho. Em 2018 cresceu consideravelmente a quantidade de shows, de modo que o talento já apareça em rádios de Serra e do Vale do Caí.

Não tocando apenas músicas autorais, como também covers de Henrique & Juliano, Jorge & Matheus e Zé Neto & Cristiano, os guris bom-principienses têm, até, fã clube. Para conhecer o trabalho das feras basta ir às redes sociais e buscar por Allan e Kauã. Tem algo no Facebook, outro tanto no Instagram e ainda gravações no Youtube.

A dupla lançou recentemente o seu primeiro EP. O disco físico passará a ser comercializado trazendo os primeiros hits da dupla, dentre eles Bobo Fui Eu, que já está tocando nas rádios. A produtora foi a Ophicina Sonora, de Caxias do Sul, e a gravação ocorreu no Estúdio LG Produções, de Lele Griebler, em São Sebastião do Caí. “O cara (Lele) foi super parceiro. Mesmo que o som que ele faça seja diferente do nosso, ele foi super profissional na hora de gravar o nosso primeiro trabalho”, destacou Allan.

O trabalho da dupla pode ser conferido nas mídias sociais onde eles estão postando mais detalhes sobre a comercialização do seu primeiro EP.

 

Deixe seu comentário