Após recurso, Bom Princípio fica na bandeira laranja - Crédito: Governo do Estado

Na tarde desta segunda-feira, dia 29, o Governo do Estado divulga o resultado dos 67 recursos de municípios e regiões que estão em bandeira vermelha após o anúncio da última sexta-feira no sistema de distanciamento controlado. Bom Princípio, que integra a região da Serra, que voltou para a bandeira vermelha, e não está incluído na lista do Estado entre os municípios sem óbitos e hospitalizações por coronavírus nos últimos 14 dias, aguarda com expectativa o anúncio oficial do mapa das bandeiras que passa a vigorar a partir de amanhã, terça-feira. A esperança é de que Bom Princípio consiga reverter e se manter na bandeira laranja para não ter mais restrições no comércio e serviços.

Foi encaminhado um recurso da Associação dos Municípios da Encosta Superior (Amesne). Conforme o prefeito Fábio Persch, o recurso foi enviado em conjunto pela região da Macro Serra para a manutenção da bandeira laranja. O presidente da associação, o prefeito de Cotiporã, José Carlos Breda, diz que o pedido de reconsideração da Serra Gaúcha se baseia em cinco itens, entre eles de contestação a metodologia do cálculo, além do número de leitos ocupados, casos ativos, hospitalizações e óbitos que seria menor do que o informado pelo Estado. E foi informado ainda de que a Serra estará colocando a disposição mais 16 leitos até o dia 1º de julho.

A secretária municipal da saúde de Bom Princípio, Lilian Juchem, destaca que com relação ao óbito de uma idosa de 77 anos, moradora de Bom Princípio, ocorrido no dia 19 de junho em Caxias do Sul, ele não aparece na tabela do Estado. Ela foi testada positivo para coronavírus, o que apareceu em seu atestado de óbito, mas estava internada faz cinco meses (desde antes da pandemia), tendo contraído o vírus no hospital e teria falecido em decorrência de doenças pré-existentes. Segundo Lilian, o caso foi analisado pelo comitê e na última sexta-feira foi informado que não foi considerado como Covid-19. Entretanto, na mesma semana do óbito houve a internação de uma filha da idosa, que também teria contraído coronavírus no hospital de Caxias do Sul quando cuidava da mãe. A Prefeitura de Bom Princípio, através do departamento jurídico, e com o apoio do Observatório Regional da Universidade de Caxias do Sul (UCS), encaminhou recurso para que a internação também não conste como sendo do município. Como não teve mais nenhum caso de hospitalização por coronavírus nos últimos 14 dias, a expectativa é de que com isso Bom Princípio possa se manter na bandeira laranja, de risco médio, podendo manter funcionando comércio e serviços.

Nos demais municípios do Vale do Caí não ocorreram alterações quanto à bandeira. Montenegro, São Sebastião do Caí, Pareci Novo e Portão, que já estavam na bandeira vermelha por integrar a região de Canoas, seguem com as mesmas restrições, pois tiveram internações nas duas últimas semanas. Já os demais do Vale do Caí seguem com a bandeira laranja. O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc), o prefeito de Harmonia, Carlos Alberto Fink, o Lico, informa que a entidade também encaminhou recurso neste último fim de semana para que todas as cidades da região fiquem na bandeira laranja. O mapa oficial das bandeiras, após análise dos recursos, será anunciado na tarde desta segunda-feira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here