Indústria de móveis incentiva a leitura entre os funcionários - Crédito: Edith Auler / Divulgação

A iniciativa da empresa Madesa, de Bom Princípio, de incentivar a leitura entre os funcionários instalando uma biblioteca com mais de mil livros, ganhou destaque nacional, inclusive no site G1 e noticiário da RBS TV. Também já tinha sido destaque recentemente no jornal Zero Hora. Além da biblioteca, a empresa passou a promover encontros em que as leituras são debatidas. Conforme a reportagem, todos os livros são comprados pela própria empresa e oferecidos em quatro espaços dentro da Madesa. Um sistema interno registra tudo, com títulos, número de retiradas e leitores anteriores. E os funcionários são estimulados a ler os livros tempo livre ou nos momentos de intervalo.

Para Pedro Cini, CEO da empresa, a iniciativa vem gerando crescimento pessoal dos funcionários, mas também resultado profissional. Ele cita que a maior parte dos livros é de conteúdo corporativo ou de negócios, o que gera impacto dentro da corporação. E a meta é ampliar o acervo de conteúdos que possam ser aplicados em questões práticas e em conhecimentos que possam ajudar no trabalho, além de na própria vida pessoal, parte psicológica e relação com a família. E são aceitas indicações dos funcionários em termos de novos livros.

A reportagem pode ser conferida no site do G1. A matéria cita ainda que a biblioteca já existe faz alguns anos na sede da Madesa, empresa que completa 45 anos neste ano. Mas o projeto ganhou impulso no ano passado, incluindo agora lives quinzenais em canal digital interno, com troca de indicações entre funcionários e diretores. Além disso, tem grupo de whatsApp para comentários sobre os livros, com dicas também compartilhadas nos murais da empresa. Tem até tele-entrega, onde os funcionários fazem o pedido e recebem os livros em casa. O resultado é que o número de locações de livros cresceu 70% desde o ano passado. A empresa também investe em cursos e treinamentos, o quê a leitura ajuda na ampliação dos conhecimentos. E como muitos livros do acervo estavam repetidos, parte das obras foram doadas para a Biblioteca Municipal de Bom Princípio.

Os espaços culturais na Madesa já existem desde a década de 80. O entusiasmo cultural da empresa tem relação com a base familiar, desde o seu fundador, Aldo Cini, que tinha por marca a inovação sem perder as raízes. Recentemente foi lançada a biografia de Cini, que destaca a sua relação com o trabalho, a cultura e o município de Bom Princípio. Um belo exemplo, que serve de referência para outras empresas.

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here