Crédito: Cleo Meurer/FN

Um dos jogadores mais vitoriosos da história do Inter, o ex-zagueiro Bolívar levou a Barão, na noite desta quinta-feira, o seu “Frente a Frente com o General”. Colorados baronenses e de cidades vizinhas, por cerca de duas horas, na Lancheria Barony’s, ouviram relatos sobre a carreira do jogador e histórias engraçadas vivenciadas pelo atleta, que também teve boas passagens pelo Mônaco, da França, e pelo Botafogo.

O formato do evento, quase uma roda de conversa, tornou a ação ainda mais interessante. O público, ao longo das explanações de Bolívar, fez perguntas. O ex-jogador, que agora investe na função de treinador, por sinal, numa das indagações, não titubeou em apontar Tite, atual comandante da Seleção Brasileira, como o mais competente técnico que já o comandou, mesmo tendo elogiado também Muricy Ramalho e Abel Braga. “Capacidade de gestão de grupo faz toda a diferença, não só no futebol, mas em empresas e outros lugares”, reforçou.

Crédito: Cleo Meurer/FN

Filho de ex-jogador do Grêmio, de quem herdou o apelido, já que seu nome de fato é Fabian Guedes, Bolívar recordou com especial carinho a conquista do bicampeonato da Libertadores, em 2010, quando fez gol no jogo de ida da final com o Chivas, do México, e recebeu a taça, simplesmente, de Pelé. Desafiado a formar uma seleção com os melhores jogadores com os quais jogou, ele fez questão de se escalar ao lado de nomes como Seedorf e Fernandão, de quem lembrou com muito carinho.

O evento teve organização pelo consulado local do Inter.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here