Crédito: Facebook/Reprodução

A Delegacia de Polícia de Carlos Barbosa identificou um homem de 21 anos como o autor de uma “voadora” que resultou na morte de Geovani Biancho, 42 anos, durante uma partida amistosa de futebol na localidade de Torino, interior da cidade serrana, na tarde do último sábado. O falecimento do jogador causou grande comoção em Barão, onde ele vivia com a esposa e um filho de três anos de idade, e na região.

O agressor foi interrogado na manhã de ontem e admitiu o fato, dizendo não imaginar que poderia causar a morte da vítima. Foi instaurado um Inquérito Policial pelo crime de Lesão Corporal Seguida de Morte (Preterdoloso), quando o autor tem a intenção de ferir a vítima, mas, com a agressão, acaba causando a morte dessa.

O velório de Geovani foi realizado na tarde de ontem, no Ginásio Poliesportivo de Barão, sendo considerado um dos maiores já ocorridos no Município. Na sequência, o corpo foi encaminhado para um crematório de Caxias do Sul.

Muito ligado ao esporte, o baronense acumulava vitórias nas quadras e campos da região. Além de ser sócio numa metalúrgica, ele era instrutor em escolinhas esportivas em Barão e São Pedro da Serra.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here