Foto antiga da igreja católica de São Sebastião do Caí, possivelmente do século XIX (Acervo Lu Bohn)

A povoação que viria a se transformar na cidade de São Sebastião do Caí começou a formar-se na metade do século XIX. Já existia um razoável número de casas quando as obras da igreja matriz foram iniciadas, em 1864. Mas a construção foi lenta e as obras ficaram prontas somente em 1879.

O nome do santo padroeiro serviu também para batizar a cidade e o município. Já em 1873, quando a localidade foi elevada à condição de freguesia, recebeu o nome de São Sebastião do Caí. E permaneceu com este nome quando, dois anos depois, ocorreu a sua emancipação. O “do Caí” foi acrescentado ao nome da cidade para diferenciar de outras cidades brasileiras que também têm o mesmo nome do santo. Este nome permanece até hoje. Ele chegou a ser mudado, por decreto, em 29 de novembro de 1938, quando passou a ser denominado apenas como Caí. Isto ocorreu por decisão do Conselho Regional de Geografia. Mas o nome voltou a ser São Sebastião do Caí em 1958, através de lei estadual.

Deixe seu comentário