Em 1890 Montenegro era o segundo município do estado quanto ao número de eleitores Reprodução/Internet

O município de Montenegro, quando foi criado (em 1873), era muito grande e incluía até mesmo os territórios dos atuais municípios de Bento Gonçalves e Garibaldi. Com a forte imigração italiana ocorrida a partir de 1875, aumentou muito a população do município, a ponto de Montenegro tornar-se um dos mais populosos municípios gaúchos. Na época só eram eleitores pessoas com alguns atributos. Não podiam votar as mulheres e nem as pessoas pobres. Em 1890 um levantamento estatístico feito pelo governo do estado apontava Montenegro como sendo o segundo município do estado quanto ao número de eleitores. Tinha 4.596. Pouco menos do que Porto Alegre, com 6.156.

Dentro de Montenegro, os eleitores estavam assim distribuídos.
Na sede municipal 997  Em Dona Izabel (Garibaldi) 1.403
Em São Salvador (Tupandi) 244 Em Conde d’Eu (Bento Gonçalves) 623
Em Bom Princípio 234 Em Harmonia 248
Em São Vendelino 429 Em Brochier 417

Note-se que São Vendelino, na época era um dos mais importantes distritos de Montenegro, contando com quase a metade do número de eleitores da sede municipal e mais do que qualquer outro distrito, exceto os da área de colonização italiana. Note-se, também, como foi intenso e importante o fluxo de colonização italiana para o estado no final do século XIX.

Deixe seu comentário