A sepultura de Jacob Michaelsen, que foi pai de Egydio Michaelsen, se encontra no cemitério do Caí Arquivo/FN

A navegação fluvial no Rio Grande do Sul foi se desenvolvendo gradualmente e chegou ao seu apogeu no início do século XX. No rio Caí, ela teve grande impulso em 1906, com a construção da barragem Rio Branco. Mas apenas cinco anos depois sofreu um baque com a inauguração da ferrovia ligando Caxias do Sul a Porto Alegre. Com isto grande parte da produção da região serrana, que antes era transportada em barcos, pelo rio Caí, passou a ser levada pela ferrovia.

Mesmo assim, as companhias de navegação sediadas no Caí foram importantes. Principalmente a de Jacob Michaelsen. Juntamente com Jacó Becker, no rio Jacuí; Jacob Arnt, no rio Taquari e Jacob Bluth, no rio dos Sinos, Michaelsen era famoso na época como um dos quatro jacós, considerados os maiores empresários da navegação no estado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here