As margens do arroio Forromeco, se estabeleceu o primeiro morador de Bom Princípio

A área da atual cidade de Bom Princípio deve ter sido particularmente rica em madeira de boa qualidade, pois o lugar foi conhecido, na década anterior a 1850, pelo nome de Serrarias. Naturalmente, ali deve ter havido uma certa abundância de serrarias, ou seja, de atividade dos madeireiros. Não pense, porém, em serrarias bem instaladas, como as conhecemos hoje. As daquela época deviam ser instalações rústicas, implantadas no meio da mata e perto do rio, para serem usadas por pouco tempo.

A partir de 1820 passou a viver, junto ao arroio Forromeco, um morador pioneiro que acabou por tornar-se proprietário de uma grande área de terras no local onde hoje situa-se a localidade de Santa Terezinha (no município de Bom Princípio). Francisco José Veloso, conhecido pelo apelido de Ferromeco, fixou residência no lugar e ali permaneceu, com sua família. Apesar de ser dono de vasta propriedade, ele vivia muito modestamente, da caça e da pesca e de uma lavoura rudimentar. Era um hábil canoeiro e utilizava-se desta habilidade para fazer do arroio Forromeco a estrada natural para os seus deslocamentos. Homens como este sabiam conviver com os índios, fazendo negócios com eles.

Deixe seu comentário