A casa de Bernardo Mateus pode ter sido essa, na parte de baixo da foto, que ficava próxima ao local onde hoje se encontram a loja Webermaq e o antigo Posto do Darci

Segundo o brilhante pesquisador, Monsenhor Ruben Neis, o primeiro caiense foi Bernardo Mateus.

Ele nasceu em Portugal, na vila do Touro, no dia 13 de agosto de 1761. Era filho de Francisco Mateus e Francisca Gonçalves, ambos moradores da mesma vila do Touro, situada no bispado da Guarda. Consta que ele tenha vindo de Portugal para o Brasil com 12 anos, por volta de 1773. Viveu na Aldeia dos Anjos (atual cidade de Gravataí) por vinte anos e depois transferiu-se para o local em que hoje está situada a cidade de São Sebastião do Caí, onde recebeu terras do governo. Isto aconteceu por volta do ano de 1793. Na época, esta parte do Vale do Caí era ainda coberta por exuberante mata nativa, povoada apenas pelos índios e pelos animais silvestres, inclusive a temida onça.

Nos primeiros anos ele deve ter morado sozinho nas suas terras. Como outros desbravadores das matas, deve ter vivido daquilo que extraía da floresta e deve, inclusive, ter praticado o comércio com os índios, trocando peles de animais e outras mercadorias fornecidas pelos selvagens por objetos da civilização que interessavam a eles, como espelhos e facas.

Deixe seu comentário