O rio Taquari é de grande importância para a navegação comercial e para a economia do Estado do Rio Grande do Sul. Divulgação/FN

Os alemães chegaram ao Rio Grande do Sul 50 anos antes dos italianos. Por isto puderam ocupar terras melhores, situadas nos vales dos rios formadores do Guaíba (especialmente os vales do Sinos, Caí, Taquari e Jacuí). Por isto, foram alemães que desenvolveram a navegação fluvial, que começou nas décadas de 1820 e 1830 e chegou ao seu auge no início do século XX. Os empresários das empresas de navegação (armadores) mais conhecidos foram Jacó Blauth (no rio dos Sinos), Jacob Michaelsen (no rio Caí), Jacob Arnt (no rio Taquari) e Jacob Becker (no Jacuí). Pela coincidência dos seus prenomes, eles ficaram famosos como Os Quatro Jacós.

“Os primeiros registros na navegação interior a vapor no Rio Grande do Sul remontam a 1832, nos rios Jacuí e Taquari, precedendo em quatro décadas a construção da primeira ferrovia na região. Em 1846, com a Mensagem de Duque de Caxias à Assembléia Provincial, sucederam-se estudos e projetos para a melhoria das condições naturais dos rios e lagoas. A navegação interior continuou evoluindo, e no início deste século, destacaram-se armadores pioneiros, ousados para a época, e que ficaram conhecidos como os Quatro Jacós: Jacó Becker, no Rio Jacuí; Jacob Arnt no rio Taquari; Jacob Michaelsen no rio Caí e Jacob Blauth no rio dos Sinos. Nessa época, registra-se o primeiro trabalho de melhoramento fluvial, constando de um derrocamento no Rio Taquari.

Passageiros e mercadorias em geral chegavam ao Vale do Taquari utilizando lanchas, barcos a vapor e a gasolina através das companhias Arnt e Jaeger, responsáveis pelo transporte até a doca de Porto Alegre. Vários vapores de passageiros entre Lajeado e Porto Alegre, paravam em quase todos os portos nos Rios Taquari e Jacuí.

Inicialmente o transporte de Lajeado a Porto Alegre era feito apenas pelo rio Taquari. Mais tarde surgiram as companhias de navegação. Em 1862 Fialho de Vargas decidiu transferir o Porto de Conventos Velho para a atual sede do município de Lajeado onde em 1875, Jacob Arnt, filho de imigrantes alemães deu início à Cia. de Navegação Arnt, que durante 70 anos foi a mais importante empresa de navegação do rio Taquari.

Ao longo da margem, na rua histórica da cidade, surgiram trapiches de atracação das empresas ali estabelecidas, utilizando escadas de madeira para chegar dos barcos à terra. Em 1894, foi criada a Cia. de Navegação Arroio do Meio, sendo a sede em Lajeado. Paralelamente à expansão da navegação do Alto Taquari, a agricultura teve grande progresso, sendo predominante a pequena propriedade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here