A igreja matriz de Montenegro tornou-se catedral, em 2008 Arquivo/FN

Criada oficialmente em 5 de setembro de 2008, a nova Diocese de Montenegro é pequena em território e população, mas já se destaca entre as mais importantes do mundo.

Reunindo 32 municípios dos vales do Caí e Taquari, a nova diocese que tem a sua sede em Montenegro se destaca pelo extraordinário vigor das suas comunidades católicas. Ela é o berço de algumas das mais admiráveis vocações sacerdotais surgidas no século XX.

É notável o fato de que quatro dos seis últimos arcebispos metropolitanos de Porto Alegre, líderes máximos da igreja no Rio Grande do Sul, sejam naturais do Vale do Caí. São eles Dom João Becker, Dom Vicente Scherer, Dom Cláudio Coling e Dom Dadeus Grins.

A região compreendida pela Diocese de Montengro já produziu três cardeais: Dom Vicente Scherer, Dom Aloisio Lorscheider e Dom Cláudio Hummes. Exceto a de Roma, talvez nenhuma outra diocese do mundo tenha alcançado tal distinção. Ainda mais se formos considerar o tamanho da nova diocese, que tem apenas 360 mil habitantes.

E é de se destacar, ainda, que tanto Dom Aloísio Lorscheider quanto Dom Cláudio Hummes estiveram fortemente cotados para serem escolhidos para serem o Papa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here